quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

terça-feira, 20 de janeiro de 2009

tô tomando iogurte de mel com granola, então tudo tá bem no mundo.

Meldels, como discutir é desgastante.

E, incrivelmente, não tô falando do Diego. Discussões com ele já são fichinha – principalmente quando ele começa a dizer coisas engraçadas, do tipo "minha história é melhor que a sua".

Agora eu sei por que ex-namorados que se odeiam continuam conversando, mesmo que seja só pra brigarem por qualquer motivo – a graça de ter um ex chato sobre quem você tem uma péssima opinião é justamente discutir com ele.

Então, mas a discussão desgastante a que eu me referia era com um sujeito chamado Thiago. Nunca vi mais arrogante. Eu nem conheço ele, mas a gente começou a discutir na FOBBr. Que tipinho terrível, que se acha o dono da razão! Aaaaah que cara irritanteee >.<

Por isso que eu não quero um namorado. Deve ser terrível um cara classificando seu guarda-roupa como "só eu posso te ver com essas", "só por cima do meu cadáver" e "muito bom, mas tem que esticar essa saia até o calcanhar".

Machismo sux.

Eu ia continuar minha novelinha, mas tô morrendo de sono.

UHAUEHUAEHAE minha foto com cara de garotinha de oito anos :'D

O cara do group do fob perguntou se eu tenho onze anos :B o Di falou que daria nove (DARIA NOVE AUHEUAEHAUEHAEUAEHAEUHAE) e o Ninja disse que parece quatro :'6

E ainda tenho que assistir uma série que o Raffa me passou, e ouvir um CD do goldfinger e outro do box car racer. Ai meu SANTO PAU que eu não tenho.

Gente, o media player classic não abre essa extensão, que terrible.

Nem nenhum dos meus players. Não tenho culpa. O Raffa me disse que o classic abria.

E eu tentei, então vou dormir antes que eu caia com o nariz dentro do iogurte. Bjs.

Onze horas, e eu só vou contar o sonho e comer cereal antes de dormir de novo (é, acabei de acordar e vou dormir de novo, mó vagau).

Tipo, em Curitiba tem praia? Hoje eu e o Bryan ficamos falando tanto do orkontro da fobbr que eu acabei sonhando com ele :D tipo, aquele povo não gosta de mim mas eu gosto deles.

Sonhei que eu tinha ido pra Curitiba, aí eu tava visitando o Bryan, e ele disse "amics, vamos de bicão no encontrinho deles?". Aí eu falei "bora lá, amics". /típico nosso auheaue

Só lembro que eu tava com minha blusa branca nova [que não é mais tão nova] e minha saia preta de sempre auheuaehaeuhea

Aí a gente tava numa espécie de Mirante, sei lá se é a palavra certa... tipo, uma espécie de ponte/plataforma, que dava pra ver as coisas lá em baixo. Por isso que eu perguntei se Curitiba tem praia (santa ignorância, não sei mesmo), porque lá embaixo tinha uma praia.

Aí eu disse "é tão lindo, até o ar daqui é diferente do de sampa, dá pra sentir".

E eu senti mesmo, acho que foi um sonho realista \o/ será que eu invadi o orkontro psicossomicamente? Que limds <3>

Aí uma menina bem gorda de óculos escuros, e meio bonita de rosto (a Vivi), foi subindo a escadinha... atrás dela tava a Cy e o Guh (a Cy não foi pro encontro, o Guh foi).

Aí o Guh olhou pra mim, eu olhei pro Guh, e ele veio na minha direção, me deu um beijo no rosto e falou "oi, esposa!", e eu respondi "oi, esposo :D".

"Thatha, o que você tá fazendo aqui?", ele perguntou.

"vim flagrar sua traição e... brimks, sei lá o que eu tô fazendo aqui", falei.

Ele e a Vivi olharam pro Bryan como se ele fosse asqueroso (todos, à minha exceção, odeiam o Bryan i.i). Aí o Guh falou "vamos lá com a gente no orkontro". Aí eu falei "meldels, meu sonho *-* mas não posso abandonar o Bryan D:" aí o Guh revirou os olhos e disse "traz seu amiguinho aí também".

Aí a gente foi lá com eles, até uma casa. Tinha um monte de cadeiras de plástico vermelho (da Brahma, acho uhsauashusa), e duas mesas da Skol. Eu sentei numa cadeira e a Vivi disse "cuidado que essa não te agüenta rs" (acho que ela pesa muito mais que eu, que coisa infundada uauheuahae).

Aí tinha bastante gente lá... eu reconheci o Lucas, o Guilherme, o Bruns (que eu não sei se foi de verdade), a Juliana, o Lauro, aquele Thiago fdp que discutiu comigo hoje e nem tá no encontro, e o Geléia :'D

Tipo, Geléia é um amigo do Guh que o Bryan implicou com ele. Bryan sabe como eu atraio negões, e atualmente nós disputamos pra ver quem pega o Geléia auheuhaeae Ele nem é da comu, mas tava no meu sonho [ui].

Aí o Guh sentou do meu lado e me apresentou pra todo mundo. Depois apresentou o Bryan de má vontade também, aí o Guilherme disse "vamos brincar de verdade ou desafio versão pirulito" (risadas gerais).

Aí todo mundo sentou em círculo num quartinho quase escuro. Eu contei uma piadinha inútil que eu não lembro o que foi, e só o Bryan riu, mas todo mundo tava sendo muito legal comigo, principalmente a Cy. Aí uma menina que eu não reconheci, com o cabelo loiro, franjinha e bem bonita sentou ao lado do Bryan, e a Cy começou a rir, e falou pra mim "tá vendo aquela ali? Ela é mais bonita que nós todas juntas, mas ela nunca consegue namorado porque ela tem um problema descontrolado de saliva. Ela baba demais na boca do cara". E a Vivi falou "é, agora a gente precisa formar os pares pra despedida, e só falta ela e você arrumar um par".

Quando eu olhei de novo ela e o Bryan já tinham sumido no banheiro, logo atrás dele. AI MELDELS UHAHAUHASSUAH

Aí o Lauro trouxe três pirulitos. Entregou um pro Geléia, um pra Juliana, e outro pra mim.

"Pode começar, Geléia", o Guh falou, rindo.

O Geléia começou a falar com voz de mulherzinha: "eu quero dividir esse pirulito aqui com... o Bruns".

Aí o Bruns deu uma risadinha blasé e o Guilherme falou "você sabe as opções de pirulito, Bruns... e beijo é a mais inocente delas :3".

Aí o Bruns falou "então tá, beijo", e ele e o Geléia se beijaram UAHEUAEHAE =O

Aí eu fiquei olhando pra todos os caras que estavam lá, porque eu ia ter que beijar um deles, aí eu pensei "foda-se, quase não conheço eles, vou pegar o Guh mesmo :F".

(sim, eu penso com emoticon UAHUEHAEUHAEUAE)

Aí, enquanto o Geléia e o Bruns estavam se agarrando até rolarem no tapete (UAHEUEAHAUE SOCORRO), alguém acendeu a luz e... era uma velhinha :'D

Aí ela gritou com a gente, e disse que só queria ir no banheiro... e abriu a porta do banheiro.

Ai que desagradável, não acredito que eu sonhei com uma menina fazendo boquete no Bryan UHASHASUSAHUSAUHSAUHSA

Ainda bem que não deu pra ver nada quase, porque ela tava de costas pra porta, então só dava pra ver... ela ajoelhada de costas e a cara dele UHAUEHAEUAEHAEUAHE /MEODS

Aí a gente começou a rir, zoar muiiito o Bryan :'6 e a Cy falou "o jogo não vai continuar?". E a Juliana falou "como, se a minha vó achou o outro levando uma chupadona?".

Aí a Vivi agarrou o braço do Guh fazendo carinha de piedade "você ainda vai ser meu par, Guhzinho?". E ele falou "vou, por quê?", aí ela falou "ué, porque a sua queridinha [com ênfase] chegou e você não tira os olhos dela".

Aí o Thiago [que, apesar de ser fdp, é bonitão, tenho que dizer] chegou perto da Vivi e falou "eu também tô sem par, porque você não dança comigo?". Ela olhou pro Guh, ele falou "tudo bem" e veio na minha direção, que estava sacudindo a cabeça e fingindo ouvir funeral for a friend, mas na verdade tava ouvindo conversa dos outros UAHEUHEAUAEH

Aí ele perguntou "Thatha, você quer ser meu par?", aí eu tirei o fone e falei "Quê?" [fingindo que estava de fone e não estava ouvindo nada... uaheuhea] aí ele repetiu a pergunta e eu falei "tá bom".

Aí a véia vó da Juliana pegou uma espingarda [tipo a véia do Ratatoullie, muito doidona] e falou "eu quero todos fora!".

(isso me lembrou "when I say shot-gun you say wedding, shot-gun, wedding, shot-gun, weddiiiiiing ♪")

Aí o Guh falou "você não deve conhecer a cidade, quer que eu te levo até o seu hotel?" [UI UAHUASHAS]

Eu respondi "eu não conheço mesmo, mas a noite tá tão bonita, vamos lá naquela ponte, ou mirante, ou sei-lá-o-que".

Ele ficou me olhando como se eu fosse um et, aí a gente tava andando na pontezinha, e ele falou "nossa, você é incrível mesmo. Primeiro gosta de goldfinger e faster than fashion, depois prefere ficar olhando o mar do que deixar eu te levar pra casa" (risadas). Aí eu fiquei olhando pra lua e fui até a beirada da ponte ou sei-lá-o-que, e o Guh pegou minha mão numa daquelas ceninhas clichês de filme de romance, e ficou olhando pra mim (ótima cena pra colocar no meu livro, mas com um toque personalizado \o\).

Aí eu lembrei de tudo o que eu falei pro Kevin hoje – sobre ser melhor ser bv, sobre só beijar um cara e continuar tendo zero experiência, sobre medo de beijar...

E me joguei da ponte.

Acordei no meio do caminho antes de cair no mar.

UAHEUAEHAUHAE QUE SEM NOÇÃO, MELDEEEELS, TUDO ISSO PRO SONHO ACABAR ASSIM :'D

Ok que não foi um sonho incrível, como transar com Joe Trohman (droga de pensamentos santos, não consegui sonhar com isso =\), mas foi hilário.

Agora eu vou lá comer cereal.

Tô com menos sono, mas ainda sem paciência de escrever.

Voltei \o/ fiz a plaquinha do Blasz que ele me pediu. É legal isso de fazer plaquinhas, porque você sabe que é importante pra pessoa quando ela te pede pra fazer uma plaquinha pra ela.

Waw, acho que eu tô superando os caras (ou a falta deles).

Hoje a mariane ficou me falando sobre os caras que gostam dela, e não são poucos.

Tipo, a conversa foi mais ou menos assim:

Mariane: gente, comprei um monte de coisa na pink biju, até uma chapinha.

Thatha: pra que chapinha, se o seu cabelo é bom?

Mariane: vai que eu tenho um namorado negão de cabelo ruim.

Thatha: VOCÊ QUER NAMORAR ESSE ANO? =OO

Mariane: não, e você?

Thatha: você me conhece. Eu sempre acho que quero, mas também não quero ninguém me cobrando.

Mariane: é por isso. E beijar é nojento.

Thatha: é nojento quando você não gosta da pessoa.

Mariane: foi nojento?

Thatha: nem lembro mais, mas foi babento. Me fala dos meninos que gostam de você.

Mariane: ah, aquele bando de chato, só não pega no meu saco porque eu não tenho.

Então eu me dei conta que é melhor não ter ninguém, do que ter alguém que não sinta nada por mim, ou por quem eu não sinta nada.

Diz aí, sou fodona uaheuea :B

Ai meldels, tirei foto com a plaquinha sem pentear o cabelo, a foto deve ter ficado medonha uhashusauhsa

She's so sexy, I have to have her, she's a natural, oh, natural disaster!

Ai que lindo, o Rô conhece essa música *-* até esqueci que ela é do big bad world, o CD que o Plain White T's lançou ano passado. E aparentemente é o single muito bem escolhido do CD. Além de rainy day, que é linda, e 1 2 3 4 que é legalzinha, não tem música boa no big bad world .__. Eu gosto mais do Every Second Counts de 2006, mas o Plain White T's é uma banda amazing.

And when she left me on the floor, she knew I followed her out of the door, she always leave you crazy {?} and more, just the addiction I've been waiting for. She makes the music come to life, starring me down with those electric {?} guys

Como é difícil cantar uma música direito só de ouvi-la, sem a letra D:

Aliás, tô cantando altérrimo, vou ouvir violet hill que é mais boniténha e calma.

Gente, a letra de Violet Hill é tão linda *u*

"Me esconda numa armadura, quando eu estou morto e alcanço o chão, meu amor é um poema que se estende. Se você me ama, você não vai deixar eu saber? Eu não quero ser o soldado de um capitão de algum navio afundado, eu seria clandestino, muito longe. Se você me ama, porque você me deixou ir?"

O Viva La Vida Or Death And All His Friends só conseguiu o milagre de ser considerado o melhor CD do ano por causa de Violet Hill. Ok, viva la vida também é limds, mas o resto do CD é terrível.

Acho que eu já falei isso uaheuaehae

"Por fim, a criatura sucumbiu e os infiéis regozijaram-se. Porém nem tudo fora destruído, pois das cinzas ergueu-se um imponente pássaro. O pássaro mirou os infiéis e lançou sobre eles o fogo e o trovão. A criatura renascera com forças renovadas e os discípulos de Mamon encolheram-se horrorizados. de O Livro de Mozilla, 7:15"

Isso é velhíssimo, eu sei, e todo mundo que tem Mozilla [todo mundo do mundo] já escreveu "about:mozilla" na barra de endereços, mas é tão sinistro D:

Es-porra-queci. UAHEUAHUHEA ESPORRA, SOCORRO AUHEUAEHAEUHAE

(tenho a impressão de que esse post tem mais "auheuahaeuhe's" que palavras concretas...)

Eu tenho que limpar o quarto, jurei pra Karen que ia limpar hoje.

E preciso pensar numa roupa recatada pra colocar pra ir visitar a escola amanhã @__@

Queria que acontecesse um daqueles clichês, tipo estou entediada na sala da diretora, pronta pra um emocionante tour pelo colégio, quando entra um garoto desastrado, correndo e com um sorriso, pedindo desculpa, e eu não consigo tirar os olhos dele, daí a diretora nos leva pra conhecer a escola, depois ela deixa a gente sozinhos, a gente conversa, e eu começo a gostar dele, aí no primeiro dia de aula ele vem falar comigo, minhas amigas me olham com cara de "pegô, pegô" e eu infesto o blog com posts dizendo como eu quero ficar com ele. E fico.

Waw, que viagem. Nada nunca acontece comigo.

Pensando bem, não é tão clichê assim.

Mas o que não é clichê?

Um casal fugindo da polícia, vestidos de freira, se beijando no parque. E essa idéia é minha o/

Agora tô enrolando pra não ir limpar o quarto =D

Agora eu não posso tirar o lixo do quarto porque não achei nenhuma sacola =D ótimo ._.

A Karen vai brigar comigo, mas tenho uma boa e verdadeira justificativa. E eu posso deitar e jogar russia block antes que ela chegue e me descubra.

Tô ouvindo uma musiquinha de amor desde sempre e pra sempre (sem me abalar, porque a Palavra Com A não me abala mais. Posso até dizê-la. Amor. Amor. Viu, não morri) e pensando no modo como a gente pode mudar no intervalo de um mês e pouco.

Ok, eu mudo de segundo em segundo, mas é tão estranho, incrivelmente louco, porque há um mês e pouco atrás eu lembro [claro que lembro, foi há um mês e pouco atrás .-.] que eu e o Di tínhamos brigado e depois ele dito que me amava de novo. Ai meldels. Se alguém me dissesse que nós dissemos aquelas coisas ridículas de Tamancadas Da Paixão há menos de dois meses atrás, eu emprestaria meu Gardenal a essa pessoa. Soa falso. Pior que eu estava sendo sincera. Mas é tão absurdo eu nunca ter percebido como minha sinceridade naquilo era medíocre. Queria ter mentido também, pra depois jogar na cara dele "foda-se você, eu também nunca te amei". Eu me sentiria ainda melhor assim.

Nem sei porque eu tô pensando nisso. Ah é, por causa de Another Heart Calls.

I didn't lie, I did not tell you, what can I do? Say it's true, I never asked for anyone by you ♪

Melhor eu ouvir Cobra então.

Melhor que Cobra Starship. Gives you hell do taar *u*

Adoro música de "foda-se você". UAHEUEAHEAUH

When you see my face, I hope it gives you hell, I hope it gives you hell. When you walk in my way, I hope it gives you hell. I've never seen you fall so hard, do you know where you are?

Ai que tédio @_@

Ah é, tenho que escolher uma roupa recatada. Droga. Não que eu me vista como a Milena – o que ela costuma chamar de "roupas pela metade do preço" – mas eu naturalmente uso blusas decotadas. Pensando bem, eu não tenho nada não-decotado. Talvez porque só uma blusa com gola rulê não fica decotada em mim.

Gente, o Guh deve tá achando que eu tô totalmente apaixonada por ele rere.

Eu só fiz a homenagem porque ele é um cara muito legal e é difícil achar alguém assim, não que eu esteja babando de paixão por ele.

GENTE, QUE RELÍQUIA! :'D

Eu tenho salvo aqui no PC a Nati cantando a versão original do Single Do Virso :'D ("virso, virso, virso, virso é bunitinho :F virso, virso, virso, virso é tão legaal =D"

E mais relíquia ainda: O RÔ CANTANDO MY HUMPS E I GOT FROM MY MAMA HUASHUASASUHSAUHSAHUSAUHSAUH

Agora que ele é o entrevistado da semana com número recorde de posts, tem um monte de fãs puxa-sacos (eu sou fã desde a época que ele era tímido e escrevia "geito", bjs) e virou o sex simbol 100çuau da Rolling Stone, vão pagar uma fortuna por esses preciosos segundos da voz dele 8D

AUEUAEHAEUHAEUHAE, O Rô falando "Te amo, Thatha" (felizmente com a pronúncia certa) e "A voz da Thathá [com a pronúncia errada] é tão cuti cuti" *morre*

UAHEUHAEUAEUHEAUEEA SOCORRO, "A VOZ DA THATHÁ É TÃÃO CUTI CUTI" HUAUHEUAEHAEUAEHEAUHEAUHEA

E tenho o Ninja cantando shy também.

Talk to me, show me some pity, you touch me in many, many ways, but I'm shy can't you see ♫ /milênios que não ouço :O

Aposto que os três não lembram mais disso. Ai que saudade daquela época :(

Are all the good times dead and gone? They come and go, come and go, come and go…

Ai que lindos meldels.

Gente, arrependi forever de ter jogado fora as músicas da Avril do meu PC, sériomemo.

Eu tenho tanta coisa pior aqui, tipo Arma Angelus e linkin park... e eu gosto da Avril antiga. Antes ela era uma adolescente que falava o que todas nós sentíamos *u*

Depois ela virou uma vadia oxigenada com porcarias como girfriend. Ai como eu ODEIO girlfriend. Todas as minhas amigas usavam "hey, hey, hey I wanna be your girlfriend" no perfil, no nick e no subnick, nas variantes do miguxês e do killerzês-de-inglês.

A Avril antiga é meio que minha 'ídola' brega :P eu e o Bryan ficamos cantando nobody's home no msn *u*

Ele: she wants to go home, but nobody's home,

Eu: a casa tá fechaaaada, e começou a choveeer, ela não tem pra onde iiiir, o salão da esquina tá fechaado, ela vai estragar a escovaaaa, broken inside ♪

Said you love me I said "I love you too" but look how you've been fine, stupid thing, stupid thing to do… broken hearts and broken strings are all that I have seen, 'till the day you left me, you're not even seventeen. 'till today, things have not changed, they're still the same, as broken hearts and broken strings remains ♪

Gente, como pode, três bandas com os mesmos integrantes terem estilos tão diferentes. O Blink é tão Blink. Acho que quase nenhuma banda é tão Blink quanto o Blink e... sériomemo. Estilo singular *u* a única banda tão singular que eu conheço é o Offspring.

O Plus-44 tem o vocal muito marcante, e tem um único elemento do blink, essa coisa Travis, musiquinha fofa com aquela explosão instrumental no refrão *u*

E o Angels&Airwaves é muito mais instrumental, o vocal não é tão marcante assim, e não é muito parecido com nenhum dos dois.

Gente, tenho que acordar umas sete e meia e tô ouvindo Cliff Diving no máximo e discutindo músicas comigo mesma AUHUHEUAEHAE

Então, vou lá caçar uma roupa certinha e dormir, 01:52, bgs.

Tomara que um dos meus sonhos interessantes continue. O Joe podia aparecer em Curitiba pra me salvar dos tubarões (-q) e dizer pro Guh ficar tranqüilo que ele me leva pro meu hotel.

E "ver o William Bonner dar boa noite" UHSUEHAUEHAUAHSUAIHAIHE

As pessoas usam códigos pra dizer "transar". E o Raffa usa o código "ver o William Bonner dar boa noite" :'D

Falando em Raffa, quando eu contei o sonho com o Joe, ele começou a cantar "no ponto alto do amor, já era dia, a Karen me acordou" UAHUEHEUAEHEAUAEEAEAHAHUAHUEHHAEHUAEAEHUAEHEAUAEHA SOCORRO UAHEUAEHEUAEHAEUAHEEUAHEAUHEAUAEHEAUHAUAHEAEUHEAUAHUAEHEAUAEHAEUHAEUAEHEAUHEAUAEHAEUHAEUEAHUEAHAEE MELDELS.

Morri, bjs.

Dormi, bjs.

Ah, tchau '-'

Nenhum comentário: